Syngenta, Canal Rural e agricultor: A parceria que colhe bons frutos

22/05/2020 21:02:18

O mercado de sementes é considerado um dos mercados mais estratégicos para o agronegócio mundial. Os avanços em tecnologia são fundamentais para garantir excelente qualidade e produtividade na produção de grãos.

Um desses avanços da tecnologia na produção de sementes, essencialmente de soja e milho, vem sendo realizada pela Syngenta Seeds, que tem o objetivo de se tornar a melhor empresa de sementes da América Latina até 2028. Para isso, a empresa escolheu por retornar a marca de sementes NK ao mercado brasileiro depois de 10 anos.

E como parte da estratégia de lançamento de NK, está formando importantes parcerias dentro do setor. Uma das principais parcerias foi formada com o Canal Rural, que tem como foco o agronegócio mundial e com o agricultor, que sempre será o protagonista do agronegócio mundial.

Retorno da NK ao Brasil: mais tecnologia e rentabilidade

Conhecida por ser uma marca amplamente reconhecida pelo produtor, a Syngenta optou em relançar a marca NK ao Brasil em janeiro de 2020. Depois de 10 anos ausente a marca volta totalmente revitalizada, com foco total em rentabilidade, produtividade, resultado, qualidade e segurança da produção.

Tatiana Cunha, gerente de branding da marca NK para Brasil e Paraguai explica que a volta de NK faz parte da estratégia da Syngenta de se tornar a melhor empresa de sementes da América Latina até 2028.

A decisão da empresa foi tomada após uma pesquisa com mais de 400 produtores, na qual 63% deles tinha boa lembrança da marca, e mais da metade apoiava o relançamento e mostrava intenção de compra”, diz.

Assim, foi tomada a decisão da volta da marca que trará rentabilidade, aliada a genética e muita tecnologia para os produtores de soja e milho do Brasil.

O que o produtor ganha com o relançamento da marca NK?

A marca NK volta preparada para contribuir com o produtor rural. Serão 3 novas variedades de soja, com atributos distintos e desenvolvidos de acordo com as necessidades de cada região brasileira, e incorpora os híbridos de milho já comercializados pela Syngenta, dentre eles 6 lançamentos recentes para atender aos mercados de grão e silagem.

E, segundo Tatiana Cunha há a perspectiva de lançamento de 15 e 20 novos cultivares de soja e 10 híbridos de milho nos próximos cinco anos. “Queremos contemplar todas as principais regiões produtoras do país, levando em consideração as condições climáticas e de solo de cada uma”.

E, neste cenário de consolidação da marca NK no país, a parceria da Syngenta com o Canal Rural vem se tornando uma parte muito importante desse processo.

O Canal Rural está do lado do produtor rural, entende suas dores e entrega as informações mais relevantes, permitindo que cada produtor tome suas decisões da forma mais acertada possível, como explica a gerente de branding da marca NK para Brasil e Paraguai.

Opinião do produtor: fundamental para comprovar a qualidade da marca NK

Além da parceria com o Canal Rural, a Syngenta acredita que a maior propaganda da NK é o sucesso da lavoura de seus clientes produtores. “Nada melhor do que trazer os protagonistas do nosso negócio para promover nossa marca por meio de experiências positivas”, completa Tatiana.

Por isso, a Syngenta realizou “testes no escuro” com alguns produtores, como explica a gerente da marca NK. “Nós entregamos nossas novas variedades de soja para 4 produtores, de regiões diferentes, em uma sacaria designada como “nova marca”, e deixamos que eles experimentassem e conhecessem nossos materiais. Nossos técnicos foram acompanhando toda a safra e as percepções dos nossos porta vozes”.

A ideia da Syngenta era de só revelar que a “nova marca” era a NK, após a colheita.

E segundo a gerente da marca NK, as reações foram espontâneas e reforçaram o propósito de entregar rentabilidade com genética e tecnologia.

Dessa forma, as palavras dos protagonistas do negócio (os agricultores) para promover a marca NK por meio de experiências positivas são essenciais e comprovam o potencial dessa semente. Cecília Falavigna Florai, produtora de Maringá (PR) é uma dessas protagonistas, sendo uma grande “porta-voz” do produto. Ela diz estar muito contente com o uso da nova NK.

Todo agricultor adora inovar e a variedade da semente NK traz essa inovação. Ela é muito precoce, além de apresentar um padrão uniforme e bastante sadio na colheita. Vale a pena experimentar!”, comemora a agricultora.

A agricultora comemora e indica o futuro da sua lavoura: “Gostamos tanto da última safra que já reservamos mais sementes NK para a próxima safra, mas desta vez iremos plantar em uma área maior”.

Por fim, Cecília ressalta que a Syngenta está sempre preocupada com o produtor, buscando sempre o seu melhor e dando toda a assistência necessária para isso. É uma parceria que sempre dá certo!

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!