Soluções digitais são aliadas do produtor para controle eficaz de pragas

Ferramenta de monitoramento e recomendações de manejo auxilia produtores em tempo real no controle de pragas de forma assertiva e ágil.

04/12/2019 19:08:41

Atualizado:

05/12/2019 12:08:03

Para atingir o potencial máximo de produtividade das culturas, uma série de fatores precisa estar em perfeita sintonia. Sobre alguns deles, não é possível o agricultor interferir, sobretudo aqueles relacionados ao clima. De outros, no entanto, é possível ter um controle praticamente absoluto, caso do manejo de pragas. Mesmo diante das estratégias e conhecimentos disponíveis para obter um controle eficaz, no momento atual da agricultura brasileira, com a alta incidência de algumas espécies de insetos, quando eles não são detectados e manejados de maneira correta, podem se tornar um fator preocupante para os agricultores. A boa notícia é que, se enfrentadas com assertividade, as infestações podem ser controladas de forma satisfatória.

Tendo em vista esse grande desafio dos agricultores, de todas as culturas e regiões do país, a Syngenta desenvolveu a Operação Praga Zero, que foca em orientar os produtores sobre as melhores práticas de manejo. Entre as ações estão encontros regionais nos principais polos agrícolas do país, os quais ocorrem até o dia 19/12/2019.

Um dos pilares da Operação é relacionado à utilização de soluções digitais para dar suporte a um manejo robusto. É o caso do Strider Protector, um software que pode ser utilizado em celular ou tablet e no qual o pragueiro (profissional que monitora pragas nas lavouras) insere as informações coletadas no campo. Esses dados ficam disponíveis em tempo real, o que evita atrasos na tomada de decisão e no início da ação de controle. Além de pragas, o Strider Protector também pode contemplar informações sobre daninhas e doenças e qualquer outro tipo de dado relevante coletado no campo.

“O produto, a dose adequados e a aplicação no momento correto são fundamentais para controlar pragas. E o monitoramento a campo é a melhor forma de ter a informação correta para tomada de decisão. Entre o surgimento de insetos e a pulverização tem o que chamamos de tempo de resposta. Se há infestação, o agricultor tem de agir de forma rápida e certeira. Aqui reside a importância do Protector. Com os dados coletados em campo, o software sugere  a ação a ser tomada. Desta maneira, o produtor protege sua lavoura e a produtividade. Outro ponto importante de ressaltar é que, com o uso do software, o agricultor pode repensar as aplicações calendarizadas, evitando assim eventuais gastos desnecessários”, explica Celso Batistella, gerente de Agricultura Digital da Syngenta no Brasil.

Batistella também diz que, antigamente e em alguns casos ainda hoje, para o monitoramento de pragas, as informações coletadas em campo são anotadas em cadernetas de papel e só depois compiladas e analisadas. Não são raros os casos em que, debaixo de chuva, a caderneta é molhada e nem mesmo o profissional que coletou as informações consegue mais as entender.

Mas isso tem solução fácil com Protector. Caso no meio da lavoura não haja sinal de comunicação, o software pode ser alimentado com dados de forma off-line (em tablet à prova d’água e de queda). Assim que houver sinal (de telefone, de internet móvel ou Wi-Fi), as informações são transmitidas. Ou seja, é uma ferramenta que traz informação aliada à velocidade de transmissão.

“Atualmente, como exemplo, na cultura de soja há grandes infestações de tripes no Paraná e de percevejo no Mato Grosso do Sul. Dependendo do tempo de ação para o manejo, essas infestações podem comprometer a produtividade em até mais de 30%. Em um cenário como esse, Protector é um grande aliado, já que por meio das informações de monitoramento inseridas no software é disponibilizada a ação adequada a ser tomada, isso sempre em curto período de tempo, com a agilidade que o controle de pragas requer”, diz Batistella. Outra característica da ferramenta é que, ao recomendar a ação no tempo certo, e o produtor utilizando os produtos e doses adequados, isso contribui muito para evitar a resistência nas lavouras.

Protector é o software do gênero mais utilizado no Brasil: de pequenos a grandes produtores utilizam a ferramenta. Dada a grande capilaridade de Protector no país, a Syngenta tem um grande volume de informações sobre a incidência de pragas, daninhas e doenças, sempre atualizadas. Então, a empresa consegue compilar esses dados de forma regionalizada e, assim, apresentar aos produtores alertas sobre a possibilidade de eventuais infestações.

Ainda conforme o gerente da Syngenta, Protector pode ser utilizado em uma oferta combinada chamada Controle Certo, composta pelo software, por produtos do portfólio Syngenta, oferecendo também o profissional responsável pelo monitoramento semanal da lavoura. Por fim, vale mencionar o excelente custo-benefício tanto de Protector quanto de Controle Certo. O investimento na cultura da soja, por exemplo, é inferior a 0,1 saca de soja por hectare.

Para se manter atualizado sobre as melhores práticas e novidades para o controle de pragas, participe dos eventos regionais da Operação Praga Zero.

 

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!