Problema no setor canavieiro: As gramíneas ainda causam sérios prejuízos aos produtores

Herbicidas são reconhecidos como principal ferramenta de controle das plantas da-ninhas

14/02/2020 17:55:24

Atualizado:

19/02/2020 16:35:49

A produção da cana-de-açúcar faz parte da cultura e da história do Brasil, sendo até hoje uma das principais atividades agro e com grande participação na economia do país. A cana gera diversos recursos, de alimento a combustíveis, e caso não haja o controle e cuidado desde o plantio, a safra pode ser comprometida por um antigo problema: as plantas daninhas.

Dentre as principais plantas daninhas, existem diversas espécies de gramíneas que atingem as produções de cana-de-açúcar, sendo elas: capim-braquiária, capim-colonião e capim-colchão. Essas plantas daninhas aparecem em uma extensa área da lavoura e trazem muitos prejuízos caso não sejam controladas adequadamente.

Os herbicidas são uma solução eficiente e podem ser aplicados durante toda a safra, mas os produtos que são aplicados nas épocas semiúmida, úmida e semisseca apresentam os melhores controles e seletividades para a cultura. Os graminícidas são os produtos especialistas para o controle das gramíneas, inclusive para o grupo do capim-colchão, que apresenta várias espécies, e a mais importante, nos dias atuais em cana, é a Digitaria nuda, que é de difícil controle e poucas moléculas apresentam boa eficácia.

As gramíneas podem ser muito agressivas e também trazer prejuízos no processo de colheitas, como é o caso do capim-colonião. Alguns pesquisadores citam que a ausência do controle de braquiária e capim-colonião, durante todo o ciclo, pode resultar em 40% de redução de produtividade.

O momento de aplicação dos herbicidas é decisivo para o sucesso no controle. Alguns possuem solução flexível por ser aplicável em diversos momentos, como no PPI (Pré-plantio Incorporado), pré-emergência e pós-emergência, em cana planta e cana soca. Além do momento de aplicação, outro ponto importante é a seletividade de alguns herbicidas, devido ao modo de ação não interferir com a cana-de-açúcar.

O controle eficaz das gramíneas começa por uma aplicação bem-feita, dose e timing corretos, que deve ser em pré-emergência, para evitar a competição das plantas daninhas.

A Syngenta possui em seu portfólio de produtos o herbicida Dual Gold®, que tem um controle superior das gramíneas e total confiança dos produtores de cana-de-açúcar. Dual Gold® tem amplo espectro de controle para facilitar o uso e apresenta compatibilidade com todos os latifolicidas do mercado, sendo o parceiro ideal para todas as situações no campo.

Produção e Parceria: DNAgro (Canal Rural)

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!