Expedição Calaris chega em 10 Estados do Brasil para mostrar a evolução das atrazinas

Os produtores do Paraná, Mato Grosso, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Maranhão, São Paulo, Tocantins, Pará e Bahia vão ver de perto a ação inovadora do herbicida criado pela Syngenta para combater as ervas daninhas do milho

30/01/2020 16:30:17

Atualizado:

05/03/2020 18:58:59

A Expedição Calaris é um evento promovido pela Syngenta em que os técnicos de campo percorrerão as principais regiões produtoras de milho do país a fim de demonstrar aos parceiros e produtores rurais uma nova tecnologia de herbicida contra as ervas daninhas. O Calaris reúne características únicas: tanto na superioridade de controle quanto na economia de produto e praticidade de aplicação.

A Expedição Calaris vai viajar entre as principais regiões produtoras de milho safrinha do país passando por Mato Grosso, estado que lidera a produção, e também, o Paraná, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Goiás, Maranhão, São Paulo, Tocantins, Pará e Bahia. A equipe da Expedição Calaris vai colocar o pé na estrada nos meses de janeiro fevereiro e março, e marcará presença nos principais distribuidores da Syngenta com a missão de ajudar o produtor rural a obter maiores ganhos de produtividade na safra do milho no inverno.

O milho safrinha é plantado logo após a colheita da soja, entre o fim do mês de janeiro até o início de abril, fator que coloca em risco a lavoura, pois avança no período de inverno onde há menos chuva e luminosidade para as plantas, além da possibilidade de geadas na região sul do país. Apesar disso, os produtores foram atingindo novos patamares de produção no milho ano após ano. Animados com os resultados, as áreas de milho na safrinha deram um grande salto em apenas uma década, saindo de 7,7 milhões de hectares cultivados para 12,8 milhões de hectares no país. Desta forma passou a ser chamada de “segunda safra” pelos agricultores. Mato Grosso estima produzir na safra 2019/2020 30,9 milhões de toneladas; já o Paraná, cerca de 12,7 milhões de toneladas de milho safrinha.

Apesar da produção volumosa de milho safrinha, ainda é grande o desafio para melhorar o aumento da produtividade por hectare. O uso de sementes de milho selecionadas, fertilizantes e tecnologias que ajudam no controle de pragas, doenças e plantas invasoras são indispensáveis para o sucesso da produção e, nesse sentido, o Calaris vem como uma inovação no controle superior das ervas daninhas, com maior praticidade e conveniência para o agricultor.

Nas fazendas produtoras de milho safrinha, os preparativos já estão em andamento. Grande parte dos insumos, como sementes e fertilizantes, já foram comercializados antecipadamente, esperando o fim do ciclo da soja para dar início a safrinha do milho. A época do plantio do milho e a condução da lavoura nos primeiros dias é fundamental para o sucesso da lavoura, fatores como falta de água e infestação de plantas daninhas podem gerar danos irreversíveis ao produtor, por isso a Syngenta decidiu promover a Expedição Calaris neste momento e levar a melhor solução para o controle de ervas daninhas durante o início do cultivo. Se o produtor demorar para eliminar essas invasoras da plantação ou utilizar manejo de herbicidas de maneira equivocada, a infestação pode comprometer até 70% da produtividade da cultura do milho.

Uma diversidade de ervas daninhas podem infestar as plantações de milho tanto de folhas largas quanto de folhas estreitas, estas são as mais difíceis de controlar como o capim-amargoso (Digitaria insularis), capim-pé-de-galinha (Eleusine indica), papuã (Brachiaria plantaginea)e a Soja tiguera. Para enfrentar o problema sem afetar a produtividade da plantação de milho, os pesquisadores  e agrônomos recomendam uma série de práticas preventivas aos produtores, entre elas: adquirir boas sementes, limpeza das máquinas e equipamentos e das  plantas daninhas de beiras de estradas, cercas, canais de irrigação, nutrir o solo para fortalecer a planta do milho e usar herbicidas para erradicar as ervas daninhas do terreno.

Desta maneira, o Calaris aparece como uma evolução no uso das atrazinas, com alto ganho de resultado e rendimento na utilização. Com apenas um litro de produto por hectare - em média -, o produtor tem o resultado desejado para eliminar as ervas daninhas.  Antes da evolução do herbicida, eram necessários o uso de três litros de atrazina por hectare. A mudança na formulação não somente resultou em um produto de ação potencializada em uma dose, trouxe também economia quando consideramos a questão do transporte e armazenamento.

Expedição promoverá troca de experiências

Durante a Expedição Calaris, os engenheiros agrônomos da Syngenta irão demonstrar no campo os resultados obtidos com a aplicação do Calaris no combate às ervas daninhas do milho. O produtor rural poderá trocar experiências com um time técnico especializado em controle de invasores, além de receber orientações de melhores práticas de utilização do produto na plantação. O Calaris é indicado para o uso em pós-emergência, e pode ser aplicado de forma isolada ou em parceria com outros herbicidas. Além disso, o Calaris tem eficiência de 100% quando aplicado no momento que as ervas daninhas estão em estágio inicial de desenvolvimento, ou seja, com 2 ou 4 folhas.

A Expedição Calaris inicia sua jornada para todo o Brasil. Produtores do Paraná, Mato Grosso, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Maranhão, São Paulo, Tocantins, Pará e Bahia fiquem atentos! A equipe da Syngenta planejou, de maneira simples e fácil, explicar toda a eficiência do produto ao seguir as recomendações de uso e manejo. O produtor sabe  que para obter sucesso no uso de produtos nas lavouras não tem jeito: tem que seguir a receita direitinho, um equívoco na dosagem ou na aplicação, um detalhe esquecido vai afetar não só o resultado da lavoura mas também poderá pôr em risco diversos outros fatores, como sustentabilidade e segurança de aplicação.

Então produtor de milho safrinha, não perca esta oportunidade! É a Syngenta levando a evolução das atrazinas até você! Faça já a sua inscrição, pois as vagas são limitadas

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!