Combate eficaz às plantas daninhas em todo o ciclo da cana

Gramíneas e folhas largas podem comprometer até 85% da produtividade e seu desenvolvimento deve ser combatido o quanto antes

30/06/2020 17:57:22

Atualizado:

01/07/2020 21:16:01

combate-eficaz-as-plantas-daninhas-em-todo-o-ciclo

Na lavoura de cana-de-açúcar, um dos principais desafios enfrentados pelo produtor, é o controle de plantas daninhas, que se tornam verdadeiras rivais da cultura na disputa por água, luz e nutrientes. A cana sofre os impactos negativos da matocompetição quando o manejo para o controle e prevenção da lavoura não é realizado de forma eficaz.

Presente na produção de combustíveis, óleos para a indústria química e na indústria de alimentos, a cana-de-açúcar tem um papel importante para a economia do Brasil, maior produtor da cultura no mundo. 

Entre as gramíneas e folhas largas que interferem de forma mais agressiva no desenvolvimento da cana-de-açúcar, destacam-se a braquiária (Brachiaria decumbens), capim-colchão (Digitaria horizontalis), capim-colonião (Panicum  maximum) e corda-de-viola (Ipomoea sp.)

O crescimento delas junto à cultura reduz a produtividade e gera um custo maior para o produtor.

A partir do estádio inicial e ao longo de todo o crescimento da cultura, é importante que o produtor invista nas melhores ferramentas para manter longe da lavoura as ameaças que comprometem não só a produção, como também a sanidade da cana.

Desde a pré-emergência da cultura até o período da colheita, o monitoramento e a busca por formas assertivas auxiliam na obtenção de bons resultados.

Aplicações preventivas potencializam o manejo

A aplicação dos produtos certos no momento ideal é decisiva para um controle de sucesso. O uso de um herbicida pré-emergente, oferecendo a proteção necessária para zelar pela sanidade e produtividade da planta, é uma das ações resultantes da aplicação de Grover.

Com indicação adequada para o período pré-emergente, o produto possui alta flexibilidade e é eficaz principalmente nos períodos semiúmido e semiseco.

Além disso, a solução é eficaz no combate às gramíneas e folhas largas, sendo um herbicida de pouca volatilidade, o que o torna seguro para culturas vizinhas.

Grover possui alta seletividade, flexibilidade para a aplicação, pouca volatilidade e longo efeito residual e sua aplicação pode gerar mais renda ao produtor. Com a combinação ideal em sua composição e com amplo espectro, o herbicida evita o crescimento das plantas daninhas na cultura, além de evitar infestações de plantas mais resistentes ou já presentes no solo antes do plantio.

Saiba mais sobre essa tecnologia inovadora da Syngenta acessando o vídeo:

Grover é mais uma das soluções da Syngenta, que conta com um portfólio completo de ferramentas que auxiliam no desenvolvimento e nas boas práticas de manejo no campo.

Syngenta e você: conectados dentro e fora do campo.

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!