.

Cafeicultores consolidam o barter como ferramenta na aquisição de insumos

Conheça os benefícios da modalidade para compra de defensivos e máquinas que mais cresce na cafeicultura.

29/01/2020 15:55:24

Atualizado:

29/01/2020 15:58:36

Os produtores de café têm em mãos uma grande ferramenta na hora de planejar a compra de insumos para a lavora. A partir deste mês, a Syngenta leva para todos os seus parceiros, revendas e cooperativas a sua campanha de barter 2020, operação que consiste na troca de produtos para proteção da lavoura por sacas de café, que serão entregues somente após a colheita de 2021.

“Essa é mais uma opção para o produtor comercializar seu café. A cada ano, aumenta o número de agricultores que estão saindo da tradição de trabalhar apenas na venda física, venda diária, e estão escolhendo travar parte de sua safra nessas operações”, comenta Thadeu Sousa, líder de marketing de café da Syngenta.

As vantagens para o agricultor ao optar por realizar o barter são muitas. Com ele, é possível travar o custo de produção, adquirir os defensivos com um bom preço, fazer um bom planejamento (garantindo desde o início produtos que serão usados ao longo da safra) e se proteger das oscilações do preço da commodity e do câmbio.

E engana-se quem pensa que essa modalidade é só para um grupo exclusivo de produtores! É possível fazer negócios na modalidade barter em todas as regiões cafeeiras do Brasil, e a opção é acessível para todos os agricultores, independente da área plantada. “Essa é uma ferramenta bastante democrática e inclusiva. Trabalhamos com cafés de todos os tipos, desde commodities até especiais, do pequeno ao grande produtor, sendo cada um deles valorizados dentro de suas especificidades na negociação”, explica Bruno Takay, gerente de marketing de café da Syngenta.

Para fechar um negócio em barter, o cafeicultor pode ir a um distribuidor (revenda ou cooperativa) ou procurar diretamente um representante da Syngenta. Juntos, eles irão conversar sobre a melhor recomendação e tratamento para a sua lavoura. A partir disso, será apresentada uma proposta de troca dos insumos por uma determinada quantia de sacas de café.

“O barter da Syngenta oferece uma condição financeira muito boa de negociação, com valorização do produto. Ao entregar um café em um padrão melhor, temos mais ágio e, consequentemente, mais descontos em se tratando dos produtos que foram adquiridos para o tratamento”, avalia Gustavo Ribeiro, produtor de café de Patrocínio (MG).

Segundo Takay, com o barter da Syngenta o produtor consegue travar seu café em um ótimo patamar de preço e utilizar em sua lavoura um portfólio referência por produtividade e controle. No cenário atual onde as oscilações de mercado e cambio são constantes, vale o produtor ficar atento às janelas de oportunidades para extrair o melhor de cada modelo de negociação, resultando em uma gestão que o auxilia a baixar seu custo de produção.

Confira abaixo o depoimento do Gustavo Ribeiro, cafeicultor da cidade de Patrocínio - MG, sobre as vantagens da parceria com a Nucoffee:

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!