Café: florada protegida, lavoura vigorosa e livre de doenças

O manejo correto e as boas práticas no campo resultam em um cafezal florido e com boa produtividade tanto na safra corrente como nas lavouras futuras

07/04/2021 17:11:51

Atualizado:

12/04/2021 13:11:20

A incidência do complexo de doenças do café, como a mancha-de-phoma, é uma preocupação para o cafeicultor

O baixo volume de chuvas no mês de outubro nas regiões cafeeiras do Brasil manteve os produtores em alerta, principalmente porque em algumas lavouras a fase da florada já havia começado ou estava prestes a iniciar. Mesmo assim, as precipitações aliviaram o calor e a produção do país manteve, segundo dados divulgados pela Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), os índices de 58 milhões de sacas de 60kg de café na temporada 19/20, o que corresponde a 35% da produção mundial.

Com o atraso das chuvas, a incidência do complexo de doenças do café, como a mancha-de-phoma (Phoma costaricensis), deve demorar um pouco mais a aparecer, já que depende de condições climáticas específicas para se manifestar. Com isso, o produtor rural ganha tempo para colocar em ação as boas práticas para um manejo assertivo contra o aparecimento dessas ameaças.

O produtor deve, agora, admirar a florada. Os tratos deveriam ter sido feitos anteriormente. Vamos observar a planta e o clima, e na hora e no tempo certo fazer os tratos necessários”, explica o engenheiro agrônomo Gustavo Rennó, do canal No Pé do Café.

Phoma no cafeeiro: boas práticas para proteger a lavoura

Por ser uma doença com grande potencial de perda produtiva, a mancha-de-phoma é uma das principais preocupações do cafeicultor quando a lavoura entra na fase da florada.

Quando o patógeno ataca a cultura do café, pode causar danos sérios e irreversíveis se não for controlado a tempo, como:

  • seca de ponteiros, que deixa a planta com o aspecto de queimado;
  • mumificação dos chumbinhos, que proporciona o apodrecimento dos frutos.

cafe-florada-protegida-lavoura-vigorosa-e-livre-de-doencas

Para evitar que a doença atinja a lavoura, o produtor deve realizar a aplicação de um fungicida sistêmico na pré-florada, para a prevenção e proteção do cafezal, e na pós-florada, para a manutenção preventiva do campo.

Amplo espectro e manejo que garantem produtividade

No manejo correto, a aplicação preventiva do fungicida na pré-florada é importante para evitar que o complexo de doenças do café se manifeste no período da florada e pós-florada.

O engenheiro agrônomo Luiz Fernandes, que atua como Desenvolvimento Técnico de Mercado da Syngenta no Sul de Minas, também destaca a importância de observar o clima para, então, no momento mais adequado, fazer a proteção do cafezal.

A partir do momento que tivermos condições climáticas favoráveis para o desenvolvimento do complexo de doenças, é extremamente importante o controle em pós-florada com um fungicida potente”, disse.

Para proteger o cafezal da mancha-de-phoma e outros patógenos, a Syngenta desenvolveu Priori Top, um fungicida sistêmico com ação curativa e antiesporulante, que protege a lavoura de ponta a ponta.

Um dos grandes diferenciais do produto é a possibilidade de o cafeicultor utilizar a mesma solução tanto na fase de pré-florada como no pós-florada devido a três benefícios:

  • amplo espectro: alta eficiência no complexo de doenças como um todo;
  • flexibilidade: o produtor conta com um único produto que pode ser usado em vários estágios da lavoura;
  • potência: a formulação combina dois ingredientes ativos que potencializam o controle com residual.

A eficiência dos resultados que Priori Top traz para o campo foram comprovados pelo produtor Rafael Gonçalves, sócio-proprietário de uma fazenda de café em Minas Gerais:

A proteção da florada e de todo o ciclo do café conta com tecnologias de aplicação que atendem às necessidades do produtor dentro e fora do campo. Por isso, a Syngenta conta com um portfólio completo de fungicidas e outras soluções para alavancar os bons resultados em produtividade nas lavouras e para o crescimento econômico da agricultura nacional.

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!