A importância do maturador antecedendo a colheita da cana

A tecnologia auxilia a fixação de açúcar pela planta e otimiza o corte e transporte para a usina

09/04/2020 19:40:16

Atualizado:

09/04/2020 19:51:32

Maturador é importante ferramenta para obter melhor o nível de açúcar na cana

A safra de cana-de-açúcar no Brasil se estende entre os meses de abril e dezembro. Porém, são as semanas que antecedem a colheita que precisam ser bem planejadas, pois é nesse momento que um manejo efetivo da cultura assegura a concentração de açúcar na planta.

Isso porque é o teor de açúcar na planta que define o retorno financeiro do agricultor. O índice que avalia a quantidade de açúcar presente na planta é o ATR (Açúcar Total Recuperado). Quanto maior o índice, preço pago pela cana.

Ao longo do ciclo, a cana sofre interferência do clima, que causa mudança no nível de açúcar da planta, podendo ficar mais baixo ou alto. Por exemplo, na ocorrência de muita chuva, a cana absorve mais água e a sacarose (açúcar da planta) é diluída, diminuindo o nível de açúcar.

Horas de luz e amplitude térmica também são fatores que definem a concentração de açúcar e, com isso, o índice de ATR.

Diante desta situação, o uso de maturadores  é uma importante ferramenta para antecipar o processo de maturação, permitindo ao produtor planejar a colheita e, ainda, estabelecer melhor o nível de açúcar na cana.

Os maturadores têm três grandes vantagens:

  1. Poderoso aliado do agricultor para potencializar o máximo de concentração de açúcar na planta, fator importante que determina a precificação da cana;
  2. Ferramenta importante em momentos de adversidade climática, no caso de chuva excessiva, que auxilia a fixação do teor de açúcar na planta;
  3. Benefícios em relação a parte administrativa, ao facilitar a operação e transporte da cana. Com uma cana mais rica, se transporta mais açúcar e menos água.

Os maturadores atuam regulando o crescimento da planta e são recomendados para acelerar os processos de maturação e estimular o acúmulo de sacarose no colmo, caule da cana, impactando diretamente na qualidade e rentabilidade.

Seguindo as recomendações, o produtor pode fazer uso da ferramenta tecnológica dentro de um período que varia entre 15 a 60 dias antes do corte da cana-de-açúcar, sendo que a planta deve estar na fase final do desenvolvimento vegetativo.

Por isso o manejo da cultura da cana-de-açúcar com o uso do maturador traz grandes benefícios no planejamento, já que o agricultor poderá preparar as áreas de corte para períodos distintos.

Então, por meio da indicação do período de ação do produto, o agricultor pode definir um cronograma de colheita e colher a cana sempre com o maior índice de açúcar.

Desta forma, é fundamental o planejamento para que o produtor possa extrair o melhor desempenho da ação do maturador após a aplicação.

Nos meses de colheita, o ritmo de trabalho nas fazendas de cana-de-açúcar será frenético, e a Syngenta estará ao lado do produtor trazendo soluções, conveniência e parceria para que os resultados no campo sejam os melhores e mais promissores.

Saiba mais sobre o produto acessando à bula de Moddus.

Syngenta e você conectados dentro e fora do campo!

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!