124,2 milhões de toneladas: Brasil deve colher safra recorde de soja em 2020

Sementes NK: Resultados expressivos de produtividade da soja

22/05/2020 20:37:01

Atualizado:

22/05/2020 20:39:39

O Brasil é um dos países que mais evoluiu nos últimos anos no volume de produção de grãos. E as estimativas da soja mais uma vez provam isso, com o país devendo bater um novo recorde na produção de soja em 2020, atingindo a marca de 124,2 milhões de toneladas do grão.

Com estes resultados, o Brasil caminha a passos largos para superar os Estados Unidos e ser o maior produtor global de soja, que tiveram quebra de safra de aproximadamente 20% nesta temporada.

Para Reinaldo Torres, Gerente de Produto Soja NK para o Brasil e Paraguai, da Syngenta fatores como a perseverança e o conhecimento do produtor brasileiro, além do clima favorável para a colheita em algumas regiões e do avanço da tecnologia foram os fatores que mais contribuíram com esse recorde.

O brasileiro superou muitos desafios nesta safra

O Brasil já é reconhecidamente um dos países que mais evoluiu nos últimos anos em termos de um constante crescimento da área plantada com soja aliada à níveis de produtividades cada vez maiores alcançadas pelos produtores.

Assim, para Reinaldo Torres, essa safra recorde na produção da soja não surpreende. Mas ele explica que o mais relevante nesta safra foi a superação das condições desafiadoras que este ano recorde se deu.

Neste ano tivemos situações de estiagem em diversas etapas do desenvolvimento da cultura no sul do país, especificamente no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, e também as condições irregulares de chuvas nas regiões mais ao norte do país.

Estes desafios, somados à perseverança do produtor brasileiro e emprego de tecnologias no campo, nos indicam que, mesmo diante de todas as adversidades, o país entregará no médio e longo prazos outras safras recordes como esta”, completa Reinaldo.

Muitos fatores contribuíram com esse recorde na produção

Esse recorde na produção de soja não é por acaso. Muitos fatores contribuíram para que o Brasil chegasse a esse patamar.

Para Reinaldo Torres, os dois fatores mais importantes são a perseverança e o conhecimento do produtor brasileiro. “A sua maneira o produtor rural brasileiro persistiu e aprendeu a lidar com as condições muitas vezes desfavoráveis que lhe foram apresentadas”.

Mas, outro fator muito relevante que contribuiu com a safra recorde de soja no país foi o emprego de cada vez mais tecnologia no campo, aliada à uma genética de soja bastante avançada, permitindo patamares de produtividade que antigamente não eram possíveis no país.

Neste cenário o Gerente de Produto Soja NK para o Brasil e Paraguai crê que diversas tecnologias hoje estão empregadas em diversos elos da cadeia, e na fazenda não é diferente.

Para o produtor, saber como anda a sua lavoura e como extrair o maior potencial da sua área se tornou uma informação básica. Mas, no sentido de potencial produtivo, as cultivares cada vez mais adaptadas às particularidades de região, ciclo e doenças, fazem a diferença no seu balanço final da safra”.

Sementes NK: Resultados expressivos de produtividade da soja

Como um claro exemplo do avanço da tecnologia na produção da soja, temos o relançamento da marca NK no mercado nacional que em sua primeira safra já vem apresentando resultados expressivos.

As sementes NK lançadas recentemente no mercado de soja já demonstraram no seu primeiro ano - o que a Syngenta vem chamando ainda de fase pré comercial – resultados bastante expressivos em termos de produtividade, estabilidade produtiva e adaptação regional.

Tivemos resultados com a NK6201IPRO na região oeste e norte do PR, que ultrapassaram 215 sacos por alqueire; NK7201IPRO em GO e MG entregando mais de 80 sacos por hectare plantada de média; e no sul do MT e região do Vale do Araguaia a NK8301IPRO apresentando rusticidade e patamares de produtividade que superaram também 80 sacos por hectare”, complementa Reinaldo.

O gerente da Syngenta explica que ainda são poucos os resultados, principalmente por serem novas cultivares no mercado e que ainda estão em fase final de posicionamento, mas o gerente da Syngenta tem certeza do sucesso da NK.

Além da boa produtividade, estabilidade produtiva e adaptação regional, a marca NK também trará ao produtor de soja um portfólio robusto que alavancará sua rentabilidade através de uma genética e tecnologia avançadas”.

Cenário ainda mais desafiador daqui para frente

Não há dúvidas de que o produtor brasileiro continuará dando um show nas próximas safras de soja, mas os desafios serão ainda maiores daqui para frente.

Produzir soja está no DNA do agricultor brasileiro, mas desta vez ele terá pela frente um cenário desafiador montado antes mesmo do plantio 20/21 começar, que é pandemia do COVID19. Mas, para Reinaldo Torres, esse desafio também será superado.

A agricultura, o sojicultor e todos nós que estamos na cadeia de produção do agronegócio brasileiro temos experiência com superação ano a ano, e com certeza seremos o segmento que suportará o país até que o cenário melhore e que outros segmentos voltem à sua normalidade”, acredita Reinaldo.

Para superar os desafios e adversidades, a marca NK estará ao lado do produtor.

Nós como marca e empresa trabalharemos para que o produtor alcance seus objetivos em termos de rentabilidade do negócio, e para isso nosso time no campo já está à disposição para apresentar nossas opções de novas variedades de soja aos produtores, para que tenham a genética e tecnologia da NK como pilares para uma próxima safra, que será ainda mais promissora e produtiva”, finaliza Reinaldo Torres.

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!